Nossa principal missão é fomentar o conhecimento na área de ornitologia e ecologia no Brasil e promover maior conexão entre ciência, sociedade e conservação.

Tangará-dançarino (Chiroxiphia caudata) anilhado durante monitoramento do OAMa

Fazemos monitoramento padronizado e de longo-prazo da avifauna em áreas da Serra da Mantiqueira. Usamos os dados coletados no monitoramento para estudos relacionados à dinâmica populacional, história natural e efeito de modificações ambientais nas populações de aves locais.

Também usamos dados de ciência cidadã e de colaboradores para estudos em variados temas dentro da ornitologia.

Sabemos também que sem o apoio da sociedade o conhecimento científico não é suficiente para a conservação da biodiversidade. Por isso, o Observatório de Aves da Mantiqueira procura seguir um modelo inclusivo, buscando integrar a sociedade geral nas nossas atividades e projetos. Um de nossos principais objetivos é fortalecer a conexão entre a sociedade e a ciência, para juntos, promovermos ações para a conservação da natureza.

Visitação de crianças na pesquisa de campo do OAMa, parte do projeto de divulgação científica “Dia de Campo: descobrindo as aves”

Para isso, trabalhamos na interface entre ciência, educação e conservação. Ciência é o pilar central do Observatório de Aves da Mantiqueira. Partimos do princípio que a ciência é a ferramenta mais adequada que temos hoje para entender o nosso meio. E entender o mundo em que vivemos e suas infindáveis faces é essencial para promovermos uma melhor forma de viver e habitar a Terra. Educação é nosso segundo pilar. Como educação incluimos toda forma de trabalho e atividades que promovam maior interação entre a sociedade e a ciência. Sem o apoio da sociedade o conhecimento vindo da ciência não tem como promover mudanças, e por isso é indispensável que ciência e sociedade andem juntas. Práticas e medidas adequadas para a conservação de habitats e espécies é o resultado que visamos atingir com a maior conexão entre sociedade e ciência.